mercredi 12 mars 2014

Doute


O sol que queima
invade
e o peso do tempo
nas costas - a melanina -
o fardo, pesado
a cor da folhagem
um suspiro
ambíguo
a passagem do vento
raso
escasso
e o que sobra é dúvida
o embrulho do coração
a revolta da razão
embaralha os sonhos
e o peso, que desgasta
os ombros