mardi 4 septembre 2012

Sonho #01


Nós estávamos em uma festa meia boca ou num evento sem graça. Não lembro direito, lembro que a gente tava quase transando no sofá quando você me perguntou as horas. Normalmente sou eu quem te pergunta as horas mas dessa vez foi você. Eu disse que era em torno das onze e você resolveu sair de lá. Ok.
Eu abotoei a blusa e você me deu a mão. Não lembro exatamente em que bairro estávamos, mas eu chutaria Santa Teresa. Santa porque logo estávamos em uma ladeira bem íngreme e eu acho que estava de sapatilha porque meus dedos do pé começaram a doer um pouco por causa da inclinação. O caminho era bem escuro, tinha algumas árvores, e eu comecei a estranhar e te perguntei pra onde estávamos indo e você me disse que tinham uns amigos por lá.
Foi me subindo uma tensão, mas sei lá, eu tava com você. Depois de descermos bastante encontramos um paredão sem saída, mas tinha uma porta entre-aberta com uma meia luz saindo dela. Você disse que era ali.
Eu falei: "Cara, tem certeza?". Você me olhou. "Vamos perguntar", completei. E aí você falou qualquer coisa tipo "Oi!" e voltou uma voz de dentro: "Oi!".
Aí nós entramos. Era um banheiro. Tipo, um banheiro mas com outras três pessoas lá dentro. Um cara de óculos e com os cabelos cacheados, uma menina que eu não lembro direito como era mas lembro que ela estava comendo algum salgadinho que eu odeio tipo doritos. O último era um cara, que também não me chamou atenção em nada porque ele tinha uma fisionomia super normal. Tinha bastante fumaça, uma banheira, um vaso sanitário e três cadeiras vazias. O lugar tava meio sujo e era bem pequeno, então quando nós entramos e sentamos ficou meio difícil de esticar as pernas; eu fiquei com as minhas em cima da cadeira e você também deu seu jeito, afinal você já tá acostumado em não caber... Não sei quanto tempo ficamos lá, acho que estávamos conversando sobre filmes ou quadrinhos. Sei que eu acordei meio que de susto porque tinha que ir pro balé.