jeudi 28 janvier 2010

Sentimental


"Bia, não tem espaço pra pessoas fracas no mundo."
Sentimental demais pra viver, você.

Toi et toi


Vou me afastar de você e de você. Eu sabia desde o início que só podia amar o Saulo, mesmo. Tô nem aí, nós vamos morrer por aí!

lundi 25 janvier 2010

Premier


As primeiras pessoas são sempre as que marcam.

Poésie


Eu tenho tantas poesias com seu nome...

Jeu


samedi 23 janvier 2010

Choisi


Escolhas. Você começa.

mercredi 20 janvier 2010

Peine


samedi 16 janvier 2010

Angie



I hate that sadness in your eyes.

jeudi 14 janvier 2010

Perdu


Eu ando perdida no deserto do seu coração procurando um oásis para lavar minha alma.

mercredi 13 janvier 2010

Silence


Eu amo até o jeito que você deixa as outras loucas.

Fermer


mardi 12 janvier 2010

Transcender


Transcender, em francês.

Lumière


Quando nós nascemos nós viramos luz.
Então, se quando amamos nós nascemos de novo,
logo podemos virar um tipo de sol?
Sabe, emitindo raio solares
e mais luz.

vendredi 8 janvier 2010

Époque


1. Como é acordar todo dia e fingir que você não está morrendo?
2. Você acredita em pena de morte? O que você acharia se alguém matasse sua mãe a sangue frio? O que você acharia se alguém matasse a mãe de um estranho, mas essa mesma pessoa salvou sua vida no mês passado?
3. Qual é a diferença entre "viver" e "existir"?
4. Quando você ajudar alguém, você fica pensando "o que eu vou ganhar com isso?"
5. Qual foi o presente mais caro que você já recebeu? Foi o melhor presente que você já recebeu?
6. Você se pergunta muitas perguntas, ou se contenta com o que sabe?
7. Roubar é imoral, certo? E se roubar fosse a única maneira de alimentar uma criança morrendo de fome?
8. Se eu te der R$ 20,00, qual é a porcentagem que você irá realmente poupar? Se eu te der R$ 200.000,00, qual porcentagem você irá poupar? Deveria realmente existir alguma diferença?
9. Se alguém soubesse o dia e o tempo exato que você ia morrer, você gostaria que lhe contassem?
10. Se você descobrisse que iria morrer hoje, você se arrependeria de algo? Você seria feliz pela maneira como passou as suas últimas 24 horas?
11. Lembre-se do maior fracasso da sua vida. Olhando na perspectiva presente, ele te tornou mais forte ou mais fraco? O que você aprendeu?
12. As palavras "independência" e "liberdade" significam não ser perseguido ou discriminado, ou será que significa fazer o que você quiser?
13. Você já discrimou alguém? Imagine que uma gangue de rua que usa camisas roxas robam e assasinam centenas de pessoas na sua cidade. Se uma pessoa usando uma camisa roxa tocar sua campainha, você vai atender?
14. É mais louco escolher ser pobre ou gastar 40 anos da sua vida se odiando 40 horas por semana?
15. Você já sentiu que faltam horas no dia? Quantas horas da semana você gasta vendo TV ou jogando videogame, ou....?
16. Você já comemorou algum farol verde?
17. Se pudessem te dar um outro talento ou habilidade, o que você gostaria de fazer? Você já tentou aperfeiçoar essa habilidade?
18. Não importa o quão feia esteja a situação, você tem consciência que sempre tem alguém pior que você?
19. Se você tivesse um amigo que falou com você da mesma maneira que às vezes você fala consigo mesmo, por quanto tempo você permitiria que ela fosse sua amiga?
20. As maiores felicidades estão nas pequenas coisas da vida. Com o que sua felicidade se parece hoje?
21. Você prefere ser rico e paralítico do quadril para baixo ou pobre com saúde?
22. Você está disposto a sacrificar a vida do seu filho ou do seu amor para apoiar uma guerra?
23. Quando foi a última vez que você mentiu? É possível mentir sem dizer nada para ninguém?
24. Se você pudesse fazer tudo de novo, você mudaria algo?
25. Se sua história fosse um romance, qual seria o título e como a história terminaria?
(via @muitolegal)

lundi 4 janvier 2010

Carton


Eu amo pessoas como você. Assim, nuas! Sem roupas tudo fica tão mais claro. Eu consigo ver, afinal, que você é feito de carne, osso e poesia. Sim, poesia! Ela exala de você total e completamente! Eu nunca vi, eu sei, mas ela exala. Está longe de ser algo que eu nunca vou poder ver.
Sonhos, pedaços, almas, asas. Papelão! É tudo de papelão!
Você sempre com esses seus gestos contagiando com tanta ternura! Você! Você! Você! É absolutamente tudo sobre você e sobre seus olhos. Sobre o que invade seu corpo - nú - por dentro. Você é tão incrivelmente e dolorosamente adorável.
Respire fundo, deguste o ar que você traga. Tá só começando. Olhe você mesmo pro seu corpo descoberto. Você sabe que ainda tem muita vida aí.
Muita vida de papelão.

Tu


Quatorze mil pétalas. De quê? Você pode escolher.
Você tem o cheiro de todas elas. Eu nunca senti. Mentira, senti sim! Algumas vezes, talvez várias. Você tem o cheiro de todas elas juntas, eu sei que tem.
Mostre esses seus olhos escondidos, eles são tão bonitos! Você anda sempre sem rumo por aí.
Ei, eu estou aqui.
Ei, eu sou seu motivo.
Eu concordo plenamente que não cheiro a... a essa flor que você cheira! Ou essas flores.
Mas, veja bem, eu tô sempre aqui. Sem rumo também.
Talvez você até ache que eu tenha um, mas é tudo pra deixar as pessoas mais tranquilas, sabe? Elas sempre acham que você tem que ter um rumo. Isso não é tão ruim assim.
Talvez meu rumo seja até uma Carolina com caracóis na cabeça, uma Clara com a pele banhada pela lua ou uma Mariana com suas madeixas negras caindo sobre seus olhinhos brilhantes.
Ou talvez seja tudo isso junto! Você, essas criaturas maravilhosas e whisky com suco de laranja!
Jesus! Só acho que agora as pessoas não vão se sentir mais tão confortáveis com o meu rumo.